O duo cómico do Benfica


Nos últimos tempos, temos vindo a ver um crescendo de personagens cómicas a proliferar para os lados de Carnide. No meio de várias personagens, destacam-se duas; O Pedro Guerra(o talvez-não-ex-afinal-sim Director de Conteúdos da BTV, comentador e vira-casacas) e José Marinho(Filho, Pai, Marido, Comentador, Benfiquista doente, vira-casacas e Gestor de Conteúdos do site do Benfica).  

Esta pequena dupla cómica, tal e qual Laurel & Hardy(bucha e estica para quem precisar de tradução), que está a ser atirada para a linha da frente, tal e qual Lee Harvey Oswald.. para fazer barulho e desviar as atenções das cabecilhas que os manietam tal e qual Jim Henson fazia com os Marretas. 
 
Há não muitos anos, tanto Pedro Guerra, como José Marinho atacavam tanto LFV como a SAD de formas feias e sem escrúpulos. Usavam inclusive termos como “Subserviência” e “Lacaios” para se referir às pessoas que ladeavam Luis Filipe Vieira. Entretanto este duo, em alturas diferentes, achou que aquilo que está no centro das costas, não servia para nada… e atirou a coluna vertebral borda fora, assinando contratos de prestação de serviços e de direção com o Benfica. Isto leva-nos a crer que o que queriam mesmo, era uns tachos for the boys.  
 
Pedro Guerra, durante anos tem feito um trabalho nojento na televisão, mas faz parte do trabalho dele enquanto comentador afecto ao Benfica. Tudo parecia correr bem e o tacho estava garantido, até que FJM o apanhou nos e-mails, quando toda esta confusão começou. O Hardy, espumava da boca a falar da revelação de documentos confidenciais, esquecendo-se que ele, o fazia várias vezes(na maior parte das vezes para se mostrar importante). Rapidamente Guerra foi transformado no bode expiatório do Benfica, atirado para um canto, sonegado e cuspido em cima, tal e qual pastilha elástica sem sabor.  
 
Depois disto e devido à incapacidade total e incompleta de alguém muito badalado em comunicação (Luis Bernardo), que cá entre nós.. não se quer é atravessar muito para não pôr o que sobra da carreira em risco, o Benfica precisava de uma nova figura cómica, Laurel, que se sujeitasse a fazer as figurinhas tristes necessárias em prol do clube. Portanto, aquele que outrora usou termos como “Presidente e os seus lacaios”, tornou-se efetivamente um lacaio, desse mesmo presidente. Podíamos dizer que pela boca morria o peixe.. mas há peixes bem mais inteligentes e íntegros! José Marinho actualmente faz praticamente tudo o que o mandam fazer e depois de um fantástico “Vergonha Imensa”, foi atacado por benfiquistas nas suas redes sociais, escapando-se assim aos ataques fisícos de que o seu companheiro Hardy foi vítima. A noite do fatídico programa acaba com Laurel a colocar a sua página de FB privada e a desaparecer do Twitter de fininho. 

Hoje em dia, tanto um como outro, pouco futuro têm tanto no Benfica, como fora dele. Talvez se safem na política.. mundo onde vivem os moluscos invertebrados e os vira-casacas.  
 
Queremos também deixar de aviso a todos os possíveis futuros porta-vozes do Benfica.. não sejam invertebrados! Pensem e não se deixem vender, porque o vosso cargo já foi ocupado por muitas pastilhas-elásticas que acabaram no chão, espezinhadas por quem vos mastigou e ainda criticadas.  

O Benfica gosta de bodes expiatórios.. o para os insucessos é o Porto, o para comentários sem provas, são os diversos diretores(Guerra, Marinho, Palacin, Luis Bernardo, etc).. e obviamente que o culpado da liga dos campeões é a UEFA, porque baixou as calças perante a Gazprom. Já repararam que eles possuem sempre uma desculpa para tudo? Assumir as responsabilidades, os erros e os crimes… bola… zero… os mesmos pontos que possuem na Liga dos Campeões.