Artigo 57

Nos últimos dias, após a sentença do Tribunal do Porto, que condena o F.C. Porto, Francisco J. Marques e F.C. Porto Media a pagar uma indemnização de quase dois milhões de Euros, começou imediatamente a ser espalhada pelos comentadores e jornais afectos ao S.L. Benfica, a possibilidade deste invocar o Artigo 57, para tentar impedir o F.C. Porto de participar nas competições desportivas nacionais.

O que diz o famigerado artigo?

Ou seja, “qualquer informação sobre uma equipa ou jogador que uma pessoa disponha”, and so on.. o clube pode ser penalizado com a exclusão das competições de uma a três épocas desportivas.

Portanto, onde é que se encontra muita informação priveligiada?

Nos emails do Benfica.. de vários directores e membros da SAD.

Alguns exemplos simples:

Isto, não é nada mais nada menos, do que uma proposta de vários clubes a convocar uma AG na Liga Portugal, para pedir a destituição do então presidente Mário Figueiredo.

A senhora Andreia Couto, que é muito atacada por determinados bloggers ligados ao Benfica, por ser irmã do ex-Jogador do F.C. Porto, Fernando Couto, era afinal (mais)uma toupeira do Director/Assessor/qualquercoisa Jurídico do Benfica.

O que estes bloggers não sabem, é que o clube preferêncial da família Couto, é o S. L. Benfica, não o F.C. Porto, como tentam vender.

Imediatamente, o “pisca” encaminhou isto para o Luis Filipe Vieira e para o Domingos Soares de Oliveira.

O que há de errado nisto? Supostamente o requerimentos são públicos, sim é verdade, mas só depois de submetidos, até lá são privados e confidenciais.
Alertando para que haveria quorum e que provavelmente conseguiriam levar a bom termo a proposta de destituição.

Domingos Soares de Oliveira, responde rapidamente.

Como CEO sério, Domingos Soares de Oliveira, em vez de enfrentar as AGs, arranja logo uma solução de matar a mesma, antes de nascer.

“Simples de bloquear”… é só “impedir”. Isso é savoir faire, caro Domingos? Quantas vezes já o fizeste antes?

Como se isto não bastasse, ainda foi enviado um email com mais informação, onde mostrava que uns clubes já se teriam retirado da mesma, sendo estes:

E não, antes que digam que estou a deturpar as datas, não estou a dizer que desistiram por causa do comentário do Domingos, estou somente a passar a informação completa.

No dia seguinte a estes emails, o próprio alvo da AG de Destituição, envia um emails a Luis Filipe Vieira, a fazer queixinhas.

Ou seja, se até aqui o requerimento era bacoco, o mesmo passou a ser perfeitamente válido, pois trata-se de informação priveligiada, ainda não tornada pública.

Este foi só um pequeno exemplo de informação priveligiada obtida pelos 3 máximos do S.L. Benfica.

Mas temos mais, não pensem que vamos ficar por aqui.

Algo em que já toquei anteriormente.. dados da equipa de coordenação / processo do Apito Dourado. Ou seja, um documento interno da Justiça Portuguesa (DCIAP), nas mãos do Pedro Guerra e encaminhado para o Paulo Gonçalves.

Documento este que foi usado para tentar excluir o F.C. Porto de ir à Liga dos Campeões.
Link para a notícia
Ou seja, informação priveligiada para tentar obter vantagem sobre um adversário directo.

Mas continua.. a seguir o Pedro Guerra.. e os contratos que apareceram na mão dele, antes de aparecerem no Football Leaks.
Podem ler no blog Artista do Dia.
Mais informação priveligiada, para tentar tirar vantagem sobre um adversário directo.
Isto para não falar do famoso R&C do Sporting CP que foi passado para André Ventura e o Horácio Piriquito.

Anteriormente.. falamos de uma organização e de dois clubes.

Agora, mais um ponto sensível.. o nosso menino querido, que tanto festejou quando saiu a sentença.

Somente mais umas informaçõezinhas priveligiadas, desta vez, da própria Federação Portuguesa de Futebol.
N.d.A: Alô Fernando Gomes, daqui Terra, Câmbio?
N.d.A: Tragam o desfibrilador, o Nandinho está em paragem cardiaca!
Tudo normal, é só mais um dia no Benfiquistão.

Para último(por agora), fica o motivo, pelo qual recolhiam dados dos outros clubes e também o porquê de serem tão apologistas da espionagem industrial e não quererem que outros tivessem acesso aos mails, é que com isto, vários clubes podem invocar o Artigo 57 contra o S.L. Benfica e pedir a destituição do presidente da F.P.F., caso este continue no seu incómodo silêncio.

Pois é caro Rui Costa, para que é que queres os dados mesmo? Para elucidar a administração e melhorar a vossa estrutura?
Ora muito bem.. se isto não é tirar proveito de informação priveligiada, não sei o que será.

Querem continuar a invocar o artigo 57? Invoquem.. como estes emails, há centenas.. e agora sabemos que os emails são totalmente verdadeiros e estes não foram truncados.

“Um tráficozinho de influências”, dizia o advogado do Benfica João Correia… sim.. tráficozinho… de influências e de informações priveligiadas.

Para a segundona, seus aldrabões de meia tigela!

Leave a Reply